segunda-feira, 15 de junho de 2015

Fazendo exercícios em casa - Escadas

Oi gente, como vocês estão?!

Para quem me acompanha pelo snapchat (adiloose) deve ter visto que semana passada foi movimentado no quesito aniversários! E junto com estas datas especiais vem muita comilança :P Somado ao inverno, que já ganhamos uns quilinhos a mais e sofremos para sair de casa e se exercitar, já viu né.

Para quem está comigo nessa, hoje trago uma solução caseira para você começar - ainda mais se a desculpa para não se exercitar for o preço da academia, o frio lá fora, a chuva, a noite.. entre outras coisas - as escadas!

Nós moramos em um prédio com 10 andares e foi aí que tive a ideia: utilizar as escadas. Mas isso não significa trocar o elevador pela escada, pois quando chego ou saiu de casa, estou apressada, carregando bolsa, às vezes de salto.. além do que não dá para chegar toda suada no serviço também. A ideia é se preparar, como se fosse para a academia, colocar um tênis confortável e ir para as escadas.



Como estou no começo ainda, o meu treino ficou em 2 subidas e 2 descidas, dos 10 andares. Depois mais umas abdominais em casa (sem se esquecer de alongar antes e depois!). Procurando um pouco sobre esse tipo de exercício, achei um texto muito bom, que você pode ler na íntegra aqui. Destaco uma parte:

"Subir de escada é um exercício intenso. Três lances de escada equivalem a 10 minutos de caminhada moderada. A atividade torna a respiração ofegante, fortalece as pernas e endurece o bumbum.
Mas de nada adianta adaptá-la a uma rotina comum, subindo uma só vez ao dia, por exemplo, usando bolsas e salto, como quem vai para o trabalho. A bolsa, dependendo do peso, pode inclinar o tronco e elevar o risco de lesão na coluna. Sapatos de salto podem sobrecarregar os joelhos ao descer.
Para se obter algum resultado muscular e potencializar os efeitos, a escada tem de se tornar um instrumento de atividade física, usando uma roupa e um calçado adequado para tal prática.
O ideal é que a escada seja utilizada para subir e descer, como uma espécie de treino intercalado.
O treino pode se tornar ainda mais efetivo quando a subida é feita de dois em dois degraus, com o piso firme do calcanhar, abdômen contraído e tronco ereto. Isso trabalha o bumbum de maneira similar ao exercício de agachamento, feito com a ajuda de aparelhos nas academias.
A subida da escada exige fôlego e trabalha o condicionamento cardiovascular. Na descida se recupera a frequência cardíaca. Subir e descer é a combinação ideal, pois o corpo terá menos tempo para se recuperar, o que melhora os benefícios para o coração e eleva o gasto calórico."

Lembrando que é sempre recomendado que você busque uma orientação médica antes de começar a se exercitar. Fala um check up para saber se está tudo certo :) E como esta atividade é de impacto, ela não é recomendada para quem possui problemas na coluna e nos joelhos.

Cuide de você e da sua saúde!
Tem alguma dica de exercício para fazer em casa também? Compartilhe conosco nos comentários.
Beijos ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário